BAND




-JOIN OUR JOB.HELP-COLABORE COM O NOSSO TRABALHO.AJUDE-WE ACHIEVE THE BRAND OF 5000 EDITIONS-Osiągamy Marka 5000 EDYCJE-ATINGIMOS A MARCA DE 5000 EDIÇÕES-Logramos MARCA 5000 EDICIONES-=Raggiungiamo MARCA 5000 EDIZIONI-Nous atteignons BRAND 5000 EDITIONS-Мы достигаем бренд 5000 ИЗДАНИЯ-VISIT. THE NEWSPAPERS OF THE WORLD HERE TITLE WITH YOUR SUPPORT-Tosc. Giornali del mondo QUI RACCONTO con il vostro sostegno-Visiti. Les journaux du monde ICI de TALE AVEC VOTRE SOUTIEN-Visiti. Газет мира ЗДЕСЬ СКАЗКА С вашей поддержкой-USE TWITTER-@webjump21-@GLOBENEWSWEB-@DAILYTIMES21-@NEWSBOOK21-@BRASILNEWS21- CALENDAR 2016-CALENDARIO 2016-GLOBE NEWS-GLOBE NEWS-GLOBE NEWS USE TWITTER @GLOBENEWSWEB UŻYWAJ na twojej komórce-تستخدم على الجوال-Die Verwendung auf Ihrem MOBILE-あなたの携帯電話で利用-USE ON YOUR MOBILE-使用您MOBILE-USAR en tu móvil-UTILISER sur votre mobile-Использовать на вашем MOBILE-USE IN-FACEBOOK-News Paper Globe News.NEWSWEEK NEWS-BULGARIAN NEWS-COLOMBIA REPORTS-HAWAII NEWS NOW-THE LOCAL GERMANY-GAZETA POLSKA- KYIVPOST- NEWS JAPAN TODAY NEWS-CBS NEWS- G1 GLOBO-BRASIL NEWS-THE WALL STREET JOURNAL-LE MONDE-FRANCE -TORONTO SUN-THE HINDU-ARAB NEWS-ALJAZEERA-GULFNEWS-VIETNAM NEWS- JAKARTA POST-MOSCOW NEWS-CORRIERE DELLA SERA -NORWAY NEWS-TURKEY NEWS-UKRAINE NEWS-JAKARTA POST-JAPAN TIMES-AL ARABIYA NEWS-DAILY RECORD-KUALA LUMPUR POST-MALAYSIA-MADAGASCAR TRIBUNE-MOROCCO WORLD NEWS ABS -CBN-NEWS-PHILLIPINES NEWS-THE IRISH TIMES-IRELAND NEWS-THE NEWS YORK TIMES-CAMBODIA POST-ALASKA NEWS-SOUTH AFRICA-WELLINGTON NEWS TIMES-ADELAIDE NEWS-THE ADVERTISER-WELLIGTON NEWS-BEIJING NEWS CHINA-MASHABLE-BANGKOK POST-TAILAND NEWS->

sábado, 26 de março de 2016

GERALDO ALCKMIN-O POVO QUER SABER ,QUEM SERÁ ESSE SANTO QUE RECEBEU,A PROPINA.



HONG KONG NEWS-Colleague of Lee Po reveals identity of mystery man who accompanied Hong Kong bookseller Lee Po back to mainland

CANADA NEWS-TORONRO SUN-NEWS3 charged with terror in Brussels

VIETNAM NEWS-Vietnamese banks enhanced transparency in 2015: Moody's

JAPAN TODAY-TOP STORIES Record number of asylum seekers protest over rejected applications

ARAB NEWS-Alarm: 70% rise in cyber harassment among youth

AL JAZEERA NEWS-Three men charged with terrorism for Brussels attacks

INDONESIA NEWS-JAKARTA POST-Rolling Stones unleash rock and roll on massive Cuban crowd

CORRIERE DELLA SERA-Il Belgio adesso teme per i siti nucleari

FOLHA DE SÃO PAULO-POLITICOS CORRUPTOS PRETENDEM DEIXAR O BRASIL,SERÁ QUE O AMOR ACABOU OU É MEDO..

JORNAL DE NOTICIAS-PORTUGAL-Onze mil enfermeiros correm para 774 vagas

OGLOBO-DUNGA PEDE PARA SAIR É LEVA A DILMA COM VOCE-VERDADE OU MENTIRA.

THE WALL STREET JOURNAL-ISIS Finance Chief Killed in Raid by U.S. Commandos

Lava Jato: anotação cita R$ 3,4 mi para 'santo' em obra do governo Alckmin

Uma anotação apreendida na 23ª fase da Operação Lava Jato cita um pagamento de 3,4 milhões de reais a alguém apelidado "santo" por executivos da empreiteira em obra realizada em São Paulo em 2002, durante o primeiro mandato do governador Geraldo Alckmin (PSDB). De acordo o jornal Folha de S.Paulo, o manuscrito foi encontrado no escritório de Benedicto Barbosa da Silva Jr., um executivo da Odebrecht, e cita "acomodações de mercado" e pagamento de 5% para o "santo".
A página de anotações tem o título Mogi-Dutra, em referência à obra de duplicação da rodovia. Abaixo, é citado o valor da obra - 68,730,00 (95% do preço DER) - e o registro dos "custos com o santo", que eram de 3,436,500 reais. No manuscrito, é possível perceber que a palavra "apóstolo" foi riscada e substituída por "santo".
A anotação ainda registra "acomodação de mercado", que, segundo o jornal, sugerem que empreiteiras formaram um cartel e dividiram os pagamentos. A Queiroz Galvão foi a construtora que venceu a licitação com o menor preço (68.678.651,60 reais), pouco menos do que o valor oferecido pelas concorrentes.
Segundo a Folha, a pequena variação entre as propostas seria um indício da formação de cartel e pagamento de propina, já que o mesmo padrão foi identificado pelo Ministério Público Federal em obras da Petrobras. O manuscrito mostra que a Odebrecht teria recebido 19% do valor do contrato, o equivalente a 11 milhões de reais. Ao jornal, a assessoria de Geraldo Alckmin e da Odebrecht não quis comentar sobre o documento apreendido.
FONTE MSN

Um comentário:

  1. O governo do Estado age corretamente ao encaminhar o documento para apuração da Corregedoria Geral da Administração. É preciso investigar para saber se houve ou não irregularidades na obra. E se houve, quem a praticou. O importante nesse momento é ter transparência total. E o governo Geraldo Alckmin tem mostrado disposição para isso.

    ResponderExcluir